sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Continua igual.




Tudo continua igual...

Aquele amor que eu senti da primeira vez que te vi,
continua igual.

Aquela espera por uma ligação ou por uma mensagem.
Aquele ciúme exagerado.

Aquele medo de te perder a cada briga 
e a espera 
pelo pedido de desculpas no dia seguinte.

Aquele sentimento bom quando fazemos as pazes 
e depois juramos nunca mais brigar.

Tudo está igual.

Apenas uma coisa mudou, aquele medo de te perder, 
agora já não é só mais um medo...

sábado, 24 de novembro de 2012

Simplesmente Eu



Sou nada ou talvez eu seja tudo.
Eu sou sem você e também sou nada com você.
Eu sou a confusão, eu sou quem não quero ser.
Sou as coisas que não são.
Eu sou o talvez ou apenas um não sei...

Pensa em mim.


Pergunto-me se você ainda pensa em mim...
É difícil esquecer um amor antigo, mas será que você 
pensa em mim?
E quando você está com ela, você pensa em nós?
Eu sei que não sou igual a ela e nem quero ser, também sei 
que não sou melhor que ninguém.
Mas ainda me pergunto se você pensa em mim.
Mesmo que seja em meus defeitos e loucuras, eu só queria 
que você ainda pensasse em mim...




segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Eu só queria...





Naquele dia eu te disse que te odiava e que era para você ir embora. E você foi.

Quando você voltou eu disse que não te queria de volta. E você aceitou...

E na verdade o que eu queria era que você não tivesse ido, eu queria que você tivesse me abraçado e ficado.

Eu queria tanto que você tivesse lutado por nós, como eu sempre fazia...

Mas você simplesmente aceitou.

A única coisa que eu queria, era que você não tivesse aceitado as minhas mentiras...

E agora o que eu quero, nem eu sei...

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Ele...



Ele se esqueceu da minha voz, da minha risada, do meu sorriso...
Ele se esqueceu de como costumávamos ser quando estávamos juntos.
E ele se esqueceu de nossas conversas...
Ele desistiu de suas promessas e se esqueceu de suas palavras.
Ele se esqueceu de como me tratava.
Ele se cansou de tentar ou se cansou de não tentar.
Agora estamos perdidos e eu me esqueci do caminho de volta para ele...


sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Cansei...


Cansei das flores, do verde, do preto e cinza.
Cansei do meu sorriso forçado, dos olhos cheios de lágrimas, do choro preso na garganta.
Cansei das praias, do sol, do dia nublado, da noite sem estrelas.
Cansei dos mesmos rostos, das conversas que sempre temos.
Cansei das histórias sem fim...
Cansei da noite mal dormida, do sonho bom que nunca volta.
Cansei de te querer e de fingir não te querer, cansei de você e cansei de mim...

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Apenas um dia ruim...




Em um dia de fúria suas palavras ferem meus sentimentos.

Seu olhar corta minha pele.

Você não vê, mas em um dia de fúria eu me perco em pensamentos, pois, não sei quando tudo vai passar...

Perco-me em pensamentos, porque sei que é só mais um dia de fúria...

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Última Carta



Sei que está cansado de ler essas linhas sem nenhum fim.
Sei que já se cansou de mim, das minhas desculpas...
Mas há momentos que não consigo mais suportar.
Suas palavras estão ficando cada vez mais longe, 
você está se afastando, 
mas eu não quero e nem posso te perder.
Sinto dizer essas coisas por um papel, 
mas não posso dizer ao seu lado como fazia antes. 
Mesmo sabendo que você nunca ligava, 
sempre com pensamentos que nem mesmo você 
saberia me dizer onde estavam.
Sinto por isso, sei que já é tarde, 
estou cansada de te escrever mas não consigo parar, 
há tantas coisas que sempre quis te dizer, 
mas sei que agora já é tarde...

segunda-feira, 14 de maio de 2012

A verdade



O que meus olhos dizem?
Sei que essa pergunta não cabe a você responder, mas sei que você sabe exatamente.
Sabe que eu te desejo.
Que eu te quero.
Mas finge não saber, pois quer me ver dizendo...
Mas é por isso que eu te pergunto!
Sinto que é mais fácil pra você dizer do que para mim.
Mas eu sei o que você quer ouvir, mas foge do meu controle.
Por talvez não sentir o que demonstro.
Ou fingir...
Fingir sentir o que eu realmente sinto...
Fingir esconder a verdade que me cerca...
Fingir acreditar no que eu mesma digo...
Tudo isso se resume a uma grande farsa...
Mas tem uma coisa que não posso esconder, que é o meu olhar, que já não consigo mais disfarçar, mas tento camuflar, desviando do teu olhar...

sábado, 5 de maio de 2012

Como eu imaginava


Eu sempre te quis e eu o tinha, mas apenas em meus pensamentos. 
Eu imaginava cada encontro, toda a conversa que teríamos os sonhos que sonharíamos juntos. 
Eu pensava em tudo, até que eu talvez nunca o tivesse. 
Mas aconteceu e agora eu te tenho, caminhamos de mãos dadas igual como quando eu imaginava. 
Sem pensar no futuro, o passado já não importa mais, as dores ficaram para trás e já estão se curando. 
Não temos mentiras, nem ressentimentos, sem expectativas, nem falsas promessas, sem nada disso... 
Eu gosto de você e você de mim. 
Eu te quero e você a mim.
Sem compromisso, mas sempre caminhando juntos, somos assim, como eu sempre imaginei...


segunda-feira, 23 de abril de 2012

Nesta noite...




Esta noite permitirei que minha alma ouça sua voz.
Permitirei que a lembrança de um amor sofrido se apague.
Que minha alma escute seu coração.
Nesta noite serei diferente, permitirei que 
nossas fantasias sejam realizadas.
Que meu corpo se entregue sem pudor.
Nesta noite permitirei que minha alma siga sua voz.
Permitirei que o prazer abra a porta para a razão.
E que a timidez seja devorada pelo desejo...
Nesta noite permitirei que esqueçamos nossas brigas e diferenças, seremos um só corpo, teremos apenas uma alma...
Permitirei transformar nossas tristezas em alegrias.
E por fim permitirei que esta noite 
continue ao amanhecer...

Partes


Com tanta guerra não vemos a verdade.
Com tanta dor não descobrimos o que é mais belo.
Com tanta raiva esquecemos de coisas tão simples.
Com tanta ignorância só nos resta sonhar.
Com tanto cuidado que temos não paramos para ver
o que está ao lado.
E a cada pessoa que nos passa, a cada olhar desviado,
é uma história que se vai.
E na tristeza do dia-dia não estamos de acordo com a alegria.
E com cada alegria perdida, vai embora a fé e a esperança.
E com tantos sentimentos perdidos nos faltam 
coisas indispensáveis como...
Amar!

sábado, 7 de abril de 2012

Perguntas...


Como pensar no que já não está?
Como ouvir o que já não me é falado?
Como esquecer o que já está tatuado?
Como responder por sentimentos que não controlo mais?
Como pensar se já não estou mais em mim?
Como agir se já te perdi?
Como depender de ti, se quando eu o tinha não te dava valor?
Como esquecer momentos que já estão cravados...
Como esquecer carícias que por diversas vezes foram trocadas?
Como passar por essa vida sem aproveitar o que nos é dado?
Como ocultar sentimentos tão amados?
Como te sentir se já te perdi?
O que fazer para você a mim de novo pertencer
e meu corpo com um toque seu voltar a viver
...

sábado, 17 de março de 2012

O Último Adeus




Quando em minha casa chegou já pude ver em seu olhar que algo estava diferente...
Talvez uma angústia, não sei explicar, mas aquele olhar vai ser difícil de esquecer.

Seus próximos passos foram desnorteados, seu pensamento longe e um olhar perdido.
O que sua boca tentava dizer, o coração não permitia...

Logo em seguida em minhas mãos segurou e juntos sentamos.
Pude sentir em suas mãos frias que algo estava errado.

Implorei para que me contasse o que estava acontecendo e de seu olhar, que agora olhavam diretamente para os meus, lágrimas escorriam...

Eu já sabia... Ele queria me dizer que já não éramos como antes, que tudo tinha mudado, inclusive nossos sentimentos...

Com meus olhos cheios de lágrimas pude ver a dor em seu rosto. 
Sua respiração desesperada me apavorava...

E a cada vez que tentava me dizer o que em sua mente passava, a emoção do momento prendia sua voz...

Era doloroso vê-lo daquele jeito, como eu jamais havia visto.
Como se toda sua fraqueza estivesse exposta.

Então eu simplesmente me levantei e sua testa beijei, respirei fundo e disse que eu o entendia...

Ele surpreso ou aliviado talvez, não sabia o que me dizer, ajoelhou-se e me agradeceu, desesperado me implorou por perdão, e que não sabia como tudo pôde chegar àquele ponto...

Eu já não estava mais em mim, depois disso só me lembro dele me dizendo adeus... E do som da porta batendo...

sábado, 10 de março de 2012

Com tanta ignorância, só nos resta sonhar...

Outro vídeo que eu fiz, falando sobre como tudo está mudando e a cada dia que passa as pessoas estão ficando mais violentas e se importando menos umas com as outras, falta respeito, gentilezas, coisas simples que não podemos esquecer!

video




sábado, 3 de março de 2012

Lembranças

O tempo pode apagar pessoas que passaram pela minha vida. Algum dia me lembrarei de alguém, que talvez não teve tanta importância, mas já foi o suficiente para fazer parte da minha história. Outras pessoas são tão importantes que não consigo esquecê-las, nem mesmo o tempo pode apagá-las. Algumas lembranças são vagas, outras são como se eu estivesse revivendo. O que quero dizer é que, posso não lembrar de todas as pessoas que conheci, que vi... Mas sei que as mais especiais nunca me esquecerei, sei que de alguma forma, algum dia me lembrarei de nossas risadas, choros, brigas, alegrias, não importa... Lembrarei por algum motivo, pode ter sido uma amizade de segundos, horas, dias, meses, anos... Mas as melhores lembranças em mim, para sempre estarão...