domingo, 6 de julho de 2014

Ela não sabia... II


Na manhã seguinte depois daquele encontro (bom, ela chamava de encontro, mas não tinha certeza se ele pensava o mesmo ou que tinha sido apenas um “café com uma colega de trabalho”).
Seja lá o que foi ela sabia que ele tinha mexido com ela.
Ela já tinha decidido que tomaria uma atitude.
Enquanto ela se arrumava para ir ao trabalho, resolveu ser diferente, chamar a atenção dele naquele dia.
Então decidiu ir com o cabelo solto já que ela sempre o prendia.
Decidiu passar maquiagem, mas pouca, em todo caso resolveu levar um batom e uma sombra diferente, caso precisasse.
Ela resolveu usar uma camisa vermelha, já que era sua cor favorita e ela pouco a usava.
Ela se sentia uma adolescente enquanto saia de casa.
Ao chegar ao trabalho algo a surpreendeu. 

Em sua mesa havia um bilhete: 

“Gostaria de repetir o “encontro” de ontem (se é que posso chamar assim). Estarei te esperando quando você sair”.



sábado, 22 de março de 2014

Volta pra mim


Eu não sei o que passa em sua mente. 

Mas chega, para com essa mentira.

Chega perto e diz logo o que sente.

Volta pra mim e diz que me ama.

Volta pra mim e não me abandona mais...





sábado, 25 de janeiro de 2014

Pesadelo...

Quando estiver saindo, peço que não acenda a luz. 
E que saia sem fazer barulho.
Não toque em nada, apenas deixe tudo como está.
Eu quero dormir e quando acordar quero acreditar que tudo não passou de um pesadelo. 
Quando acordar quero que tudo esteja em seu lugar, incluindo você ao meu lado.


sábado, 4 de janeiro de 2014

Se um dia...


Se um dia você se sentir culpada
Não prometo te fazer sentir menos culpada
Mas eu prometo que vou aceitar, 

Não importa o que você tenha feito

Se um dia você quiser chorar
Não prometo fazer você sorrir
Mas eu te prometo um ombro para chorar
E os lábios para travar todas as lágrimas que caem de seus olhos

Se um dia você não quiser falar
Eu não te farei falar
Mas eu prometo estar ao seu lado, silencioso
E ouvir o seu silêncio

Se um dia você quiser morrer
Não prometo que irei te pedir para viver
Mas eu prometo que estarei lá pronto para morrer com você

Se um dia você quiser se sentir bonita
Eu não te mostrarei um espelho
Mas eu prometo mentir para você
Da mesma forma que eu sempre faço